Dicas e Orientações


Estima-se que cerca de 1,4 milhão de pessoas no mundo cruzam fronteiras diariamente. O ecoturismo e os esportes de aventura também nunca foram tão praticados. No entanto, é fato que os ambientes naturais também têm seus perigos.
A participação nas atividades vai exigir disciplina e assim aumentar a segurança, a integridade do grupo e inclusive a preservação da natureza. Preparar a aventura com um mínimo de segurança é uma missão muito complexa, pois envolve inúmeros itens que vão desde o conhecimento prévio da topografia e clima do local a ser visitado até as formas de acionamento de equipes de socorro numa situação de necessidade maior. Seria impossível esgotar o assunto.

QUAL O GRAU DE SEGURANÇA DESSAS ATIVIDADES?

Esportes ao ar livre (Outdoor sports) são extremamente seguros desde que sejam observadas as regras básicas de conduta. Manter um espírito de equipe, o respeito pela natureza e conhecer os seus limites como ser humano já são um bom começo. Nas Expedições ou nas Trilhas, sempre haverá 01 coordenador/guia especializados em ambientes naturais com todo o equipamento necessário para a sua segurança, tais como rádios comunicadores, telefone celular, corda, caixa de primeiros socorros, etc. No mountain bike sempre utilize todos os equipamentos de segurança. Eles são fundamentais, até porque os tombos fazem parte do esporte.

O QUE EU DEVO LEVAR?

Cada roteiro tem o seu diferencial dependendo da distância, local visitado e época do ano. Planeje bem sua mochila, pois você será o próprio carregador, não leve coisas desnecessárias e não deixe faltar itens essenciais; Segue uma lista sugestiva:

Equipamento Básico:·        

Uma mochila pequena, tipo camel-back, que possui reservatório de água flexível ou 2 ou 03 garrafinhas de água mineral de 500ml se preferir poderá ser um isotônico. (Isotônicos são bebidas à base de água, sais minerais e carboidratos (6 a 8%), ideais para reposição de líquidos e eletrólitos perdidos através do suor durante atividade física. São chamados isotônicos por possuírem formulação semelhante ao plasma, o que facilita a absorção). A mochila deixa as suas mãos livres e distribui o peso nas suas costas de maneira uniforme, evitando problemas de coluna. Evite levar garrafas de vidro.

·         Boné, filtro solar e labial e óculos de sol;

·         Repelente contra mosquitos;

·         Capa de chuva para eventual mudança de tempo;

·         Saco plástico para o lixo;

·         Tênis ou Bota com solado aderente. Se você for comprar um calçado para as atividades, amacie-o antes;

·         Vá preferencialmente de calça comprida, evitando o jeans. O ideal são calças tipo moleton, tac-tel ou lycra, pois não dificultam o movimento do joelho;

·         Alimentos práticos, basicamente de alimentos energéticos (Sanduíches naturais sem maionese, frutas desidratadas, proteínas, granola, chocolate, etc), barra de cereais etc. suficientes para jornadas de até 8 h.

·         Máquina fotográfica.

·         Mapa do percurso

·         Dinheiro (para comprar alimentos e bebidas durante o percurso)

·         Saco estanque (Dry-bag) (proteção dos equipamentos contra água)

·         1 Apito

·         1 espelho sinalizador

·         1 faca ou canivete

·         No inverno: 1 Roupa de frio sobressalente (neoprene, anoraque, fleece ou lã)

 

Equipamento Opcional:

·         1 Telefone Celular (para emergências)

·         1 Radio UHF (Talk About)

·         1 Bússola

·         1 colete salva vidas

·         1 Lanterna com pilhas reservas

Rapel:

·         1 Capacete (pode ser o de Mountain Bike)

·         1 Cadeirinha (marca comercialmente reconhecida)

·         1 Descender (Freio “Oito” ou ATC)

·         2 Fita solteira (auto-segurança)

·         3 Mosquetões c/ rosca

·         1 par de luvas

·         2 cordins (um para nó de prussik e outro para auto resgate) 60 a 80 cm

Primeiros socorros:

·         Bactericida (p.ex. Nebacetin) – 15 ml

·         Anti histamínico (p.ex. Fenergan pomada ou Dramin) - 15ml ou 4 comprimidos

·         Anti inflamatório (p.ex. Voltaren) – 4 comprimidos

·         Anti diarréico (p.ex. Imosec) – 4 comprimidos

·         Analgésico (AS) – 4 comprimidos

·         Gaze – 4 unidades

·         2 pares de luvas de látex

·         Esparadrapo – 2 metros

·         Bandagem elástica - 3 metros x 7 cm

·         Sal – 20 gramas

·         Álcool ou Antiséptico – 30 ml

·         Purificador de água (tabletes ou gotas) – 10 tabletes ou 30 ml

·         Aquatabs, Hidrosteril ou Iodo

·         10 Fósforos à prova d'água ou Isqueiros protegidos da água

·         4 Cobertores de Emergência (Manta térmica)

Caso esteja sendo medicado, leve seus próprios medicamentos específicos. As marcas dos remédios são apenas exemplos. Fica a critério de cada participante a complementação da lista dos equipamentos de primeiros socorros.

QUAL O PROCEDIMENTO DO GRUPO DURANTE O PASSEIO?

Reconhecer a liderança dos guias, espírito de equipe, amizade e respeito pela natureza. Durante os eventos todo o lixo produzido pelo grupo ou encontrado pelo caminho é recolhido e deverá retornar com os participantes. Nenhuma espécie mineral, animal ou vegetal deverá ser retirada. Admirar a natureza em seu próprio ambiente é o maior privilégio que temos.

E SE EU ME PERDER DO GRUPO?

Ao perder-se do grupo durante uma trilha, use o apito e espere resposta de contato por áudio, procure voltar para o último lugar que esteve antes de se perder. Espere alguns minutos, se ninguém aparecer, tente voltar para o começo da trilha e ir ao ponto de encontro do grupo.

LEMA DO ECOTURISTA:

Nada se tira além de fotos.
Nada se deixa além de pegadas.
Nada se mata a não ser o tempo.
Nada se queima a não ser calorias.
Nada se leva a não ser saudades

DICAS PARA OS PÉS

O que fazer para manter seus pés prontos para todo tipo de aventura:

ANTES Não use meias muito volumosas ou com costuras. Prefira as sintéticas às de lã. Nunca use botas pela primeira vez na caminhada. Vá se acostumando a elas no dia-a-dia. Algumas botas precisam de semanas de uso para ficar confortáveis. Prenda os pés firmes dentro do calçado, evitando que eles se mexam demais, mas não muito apertados. Mantenha os pés limpos e secos.

DURANTE O suor causa bolhas e desenvolve fungos e bactérias. Para evitá-lo, troque de meias ao longo do dia à medida que ficam molhadas. Não economize meias extras, você poderá precisar ao longo da atividade. Aplique talco para pés duas vezes ao dia, sempre com os pés secos. Se os pés estiverem doloridos, aproveite as paradas para diminuir a tensão: molhe-os de cinco a dez minutos num rio de água fria. Deite-se no chão com os pés levantados sobre uma pedra ou uma mochila.

DEPOIS Pés molhados e atritos podem causar as insuportáveis bolhas. Para se livrar delas, limpe bem a área com sabão e água. Se a bolha estiver muito inchada, faça um pequeno furo com uma agulha desinfetada para deixar o fluido interno escorrer. Nunca retire a pele. Aplique anti-séptico e cubra a bolha com um curativo.

A pressão e o atrito numa área pequena podem formar calos. Para diminuir a aspereza, lime o calo com uma faca ou lixa de unha.

Aproveite os passeios, descubra a importância da saúde ambiental e a importância de se preservar Corupá.